Sexta-feira, 24 de Março de 2017

Simão Sabrosa: «Seleção Nacional ainda nos vai deixar mais felizes»

ghy.png

 

O ex-internacional português Simão Sabrosa espera um estádio cheio e acredita que Portugal vai vencer a Hungria, no sábado, em encontro de qualificação para o Mundial'2018, que se realiza no Estádio da Luz, em Lisboa.

"Espero que no sábado o estádio esteja cheio porque é importante sentir os portugueses, como sempre estiveram, do lado da seleção, e depois que Portugal possa ganhar", referiu o ex-jogador à agência Lusa, elogiando não só os atuais jogadores como também o selecionador, Fernando Santos.

 
Para Simão esta "é uma seleção jovem, com um grande treinador, que passa a confiança aos jogadores, que sabe comunicar, que sabe tirar o melhor de cada um", lembrando o selecionador Fernando Santos "um grande amigo", depois de ter sido seu treinador no Benfica.

"É uma seleção que nos surpreendeu e nos deixou a todos muito felizes e acredito que ainda nos vai deixar mais felizes não só no jogo de sábado, mas durante muito tempo", acrescentou Simão, recordando que "esta seleção é a atual campeã da Europa".

Simão Sabrosa defrontou a Hungria por duas vezes ao serviço da equipa das 'quinas', com a curiosidade de a equipa portuguesa ter vencido os dois jogos por 3-0. E se no primeiro jogo, a 9 de outubro de 1999, no apuramento para o Euro2000, Simão não saiu do banco, no segundo, a 10 de outubro de 2009, no apuramento para o Mundial2010, teve uma participação decisiva, apontando dois golos.

"Lembro-me perfeitamente. Foi o primeiro e o terceiro [golos]. Era o apuramento para o Mundial da África do Sul e nós precisávamos de ganhar. O primeiro acho que foi o guarda-redes, num remate do Cristiano, que largou a bola e eu fiz o 1-0. O terceiro foi um cruzamento do Duda, do lado esquerdo, e eu finalizei com o pé direito", recordou, acrescentando que esse foi "um dos melhores jogos" que fez pela seleção nacional.
 
 
Fonte: Record
publicado por Sara Branco às 18:33
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 22 de Março de 2017

Tejo Cup 2017 - Torneio apresentado e sorteio realizado

IMG_0037.jpg

 

O W Shopping recebeu a conferência de imprensa e o sorteio do Torneio Tejo Cup 2017.  O torneio é organizado pela Associação de Futebol de Santarém conta com a presença de atletas de todo o distrito, que serão distribuídos por seleções regionais em sub-13 e sub-14.

 

A fase final do torneio será disputada no dia 1 de maio, no Complexo Desportivo do Bonito no Entroncamento. O apuramento do vencedor do torneio será feito entre os primeiros classificados de cada grupo.

 

Este ano o torneio é apadrinhado pelo ex-jogador Simão Sabrosa, que durante o discurso deixou um apelo aos pais, dizendo que a formação dos jogadores começa em casa, sendo os pais o primeiro exemplo.

 

Consulte aqui o resultado do sorteio. Clique aqui e consulte o calendário. 

 

A primeira fase decorrerá nos dias: sábado, 01 abril das 15.00 às 19.00 H para os SUB13 em Mação e Pontével. Domingo, 26 março das 15.00 às 19.30h para os SUB14 em Boleiros e Foros de Salvaterra.

 

O torneio Tejo Cup irá envolver cerca de 200 jogadores, em 12 seleções, de um universo de 1200 atletas.

 

Fonte: AF Santarém

publicado por Sara Branco às 18:41
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 20 de Março de 2017

Tejo Cup 2017 - Conferência de apresentação é já na quarta-feira

img_770x433$2017_03_06_22_05_34_1233841.jpg

 

Com a presença de Simão Sabrosa, Patrono do Torneio Tejo Cup 2017, Hermínio Loureiro, Vice-Presidente da Federação Portuguesa de Futebol, Francisco Jerónimo, Presidente da Associação Futebol de Santarém, Autarcas e outros convidados.


A Associação de Futebol de Santarém convida para a apresentação de mais uma edição do Tejo Cup 2017, a realizar-se esta quarta-feira, dia 22 de março, às 12h00.

 

A Fase Final do Tejo Cup está marcada para o dia 1 de maio, no Complexo Desportivo do Bonito, no Entroncamento e o patrono este ano é Simão Sabrosa. 


A primeira fase decorrerá nos dias: sábado, 01 abril das 15h às 19h para os SUB13 em Mação e Pontével. Domingo, 26 março das 15.00 às 19.30h para os SUB14 em Boleiros e Foros de Salvaterra.

*Morada: Rua Pedro de Santarém n. 29, 2000 Santarém, no piso 2.

 

 

Fonte: AF Santarém

publicado por Sara Branco às 17:28
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 13 de Março de 2017

Antigas estrelas pedem estádio cheio para o Portugal-Hungria

continente.jpg

© Federação Portuguesa de Futebol

 

Casa cheia. Este é o principal pedido que João Vieira Pinto, Pauleta e Simão Sabrosa fizeram aos portugueses para o jogo entre Portugal e a Hungria, no Estádio da Luz, marcado para o dia 25 de março.

Reunidos no centro comercial Colombo para promover o jogo de apuramento para o Mundial de 2018, numa uma sessão de autógrafos, as antigas estrelas da Seleção Nacional conversaram sobre este reencontro com a Hungria - Portugal empatou 3-3 no Europeu de França.

Para as antigas estrelas, a Hungria é uma equipa a temer, «com qualidade e experiência».

Para João Vieira Pinto a solução está em jogar «com cautela», mas ter sempre «confiança»; enquanto que Pauleta acredita que a vitória é ainda mais possível desde que esteja «um Estádio da Luz cheio».

Para Simão, o estádio cheio é uma certeza, não uma questão. Um ambiente que para o antigo jogador do Benfica, é inesquecível.

«Ver todos os cachecóis no ar, as vozes a cantar o hino como só nós sabemos fazer é inesquecível», disse.

«É um espectáculo fora do campo e é algo que a Seleção merece. Não só pelo que representa, mas também pelo que nos deu», acrescentou João Vieira Pinto.

Porém, nem sempre é fácil só ver. Para Simão Sabrosa, às vezes é preciso conter «aquela vontade de entrar, estar no campo».

Pauleta é da mesma opinião, mas apoia por fora, na condição, também, de português: «Ete grupo merece o apoio dos portugueses e não apenas pelo que fez o Europeu, também pela imagem que tem passado de Portugal. Estamos orgulhosos e é nestes momentos, nos jogos, que os portugueses mais têm de lá estar e apoiar.»

As três antigas estrelas mostraram-se confiantes no apuramento e esperam ver Portugal no Mundial de 2018, porque, como diz João Vieira Pinto, «um Campeonato do Mundo ou da Europa não é a mesma coisa sem Portugal».

 

Fonte: A Bola

publicado por Sara Branco às 17:03
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 7 de Março de 2017

Simão Sabrosa é o patrono da final do Tejo Cup

Francisco Jeronimo e Simao Sabrosa.jpg

© AF Santarém

 

A Fase Final do Tejo Cup está marcada para o dia 1 de maio, no Complexo Desportivo do Bonito, no Entroncamento e o patrono este ano é Simão Sabrosa.

A primeira fase decorrerá nos dias: sábado, 01 abril das 15.00 às 19.00 H para os SUB13 em Mação e Pontével. Domingo, 26 março das 15.00 às 19.30h para os SUB14 em Boleiros e Foros de Salvaterra.

Simão Sabrosa foi um dos mais talentosos jogadores do futebol português. Jogou no Sporting, Barcelona, Benfica, At. Madrid, Besiktas e Espanhol.

Simão estreou pela Selecção no dia 18 de Novembro de 1998 com apenas 19 anos de idade contra Israel. Sabrosa não participou no Mundial de 2002 devido a lesão, mas veio a participar dois anos depois no UEFA Euro 2004.

Neste torneio jogou em três da seis partidas realizadas por Portugal. Tornou-se notável no jogo frente à Inglaterra onde cruzou a bola para o golo do empate de Hélder Postiga. O jogo acabaria por ser decidido na marcação de grande penalidades onde a selecção portuguesa levou a melhor, 6 –5 depois do 2 –2 nos 120 minutos.A 5 de Julho de 2004 foi feito Oficial da Ordem do Infante D. Henrique.

O torneio Tejo Cup irá envolver cerca de 200 jogadores, em 12 seleções, de um universo de 1200 atletas.

 

Fonte: AF Santarém

publicado por Sara Branco às 17:22
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 6 de Março de 2017

Simão Sabrosa: "O Benfica vai marcar golos na Alemanha"

image.jpg

© O Jogo

 

"Vai ser um jogo bastante difícil, semelhante ao da primeira mão, o Burússia Dortmund com muitas oportunidades, mas o Benfica a defender muito bem. Acho que a equipa está preparada para este grande desafio, tem vantagem de um golo, e acredito que o Benfica vai marcar lá golos", afirmou o ex-jogador dos encarnados, que marcou presença esta segunda-feira numa sessão de autógrafos, em Lisboa, a convite da Central de Cervejas.

 

Este último terço da I Liga está a ser, para Simão, "um dos mais competitivos dos últimos anos" e será disputado até ao fim. "Tem sido um campeonato muito bom para o Benfica. O FC Porto acabou por recuperar e está na luta e vai ser assim até ao fim. Se o Benfica mantiver este nível e sequência de vitórias será difícil para o FC Porto sagrar-se campeão. Prevejo uma luta muito renhida até final e espero que o Benfica seja campeão", considerou o ex-jogador que pensa agora em iniciar a carreira de treinador. "Gosto trabalhar com os escalões de formação", afirmou.

 

Fonto: O Jogo

publicado por Sara Branco às 01:10
link do post | comentar | favorito
Sábado, 18 de Fevereiro de 2017

Há uma outra Seleção Nacional em jogo, ainda se lembra?

uug.png

© A Bola

 

Uma vitória e uma derrota, mas campeões do fair­play e boa disposição. Foi desta forma que alguns dos antigos craques nacionais anunciaram o resultado da participação num torneio em Moscovo.

 

Antigos internacionais portugueses, que saudades deixaram. Na foto: Paulo Santos, Dimas, João Tomás, Paulo Madeira, Fernando Meira, Pedro Mendes, Neno, Paulo Ferreira, Bruno Basto, Maniche e Simão Sabrosa.

 

 

Fonte: A Bola

publicado por Sara Branco às 00:41
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 16 de Fevereiro de 2017

Simão: "Luisão é um exemplo para todos os capitães"

lindu.jpg

 

Em 2003, aquando da chegada de Luisão, Simão Sabrosa ocupava o lugar de capitão. O antigo extremo português recordou a chegada do defesa brasileiro ao Benfica e da influência que teve nos primeiros tempos de 'águia ao peito'.

 

"Chegou com aquela voz que intimida qualquer um, sempre com vontade de ajudar, de trabalhar, e no primeiro jogo sobressaiu logo pela postura em campo ­ também pela fácil adaptação ao clube e ao nosso campeonato. É um jogador com uma presença tremenda e voz de liderança", afirmou Simão Sabrosa, em entrevista à Renascença, vincando que, por tudo o que conseguiu, Luisão "está por mérito próprio na história do Benfica".

 

O internacional português defende também que o jogador brasileiro é "um exemplo para todos os capitães" e que o Benfica deve ter Luisão na estrutura do clube, quando o defesa central decidir abandonar os relvados.

 

Luisão cumpriu esta terça­feira, em jogo contra o Borussia de Dortmund para a Liga dos Campeões, o jogo 500 ao serviço das 'águias'. O defesa central chegou ao Benfica na época 2003/2004 e tem 46 golos marcados pelos 'encarnados'.

 

 

Fonte: Sapo Desporto

publicado por Sara Branco às 00:36
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 15 de Fevereiro de 2017

«Ederson é um dos melhores do mundo» - Simão Sabrosa

ederson4.jpg

© A Bola

 

O antigo capitão do Benfica elogiou o desempenho de Ederson, considerando decisiva a atuação do guardaredes brasileiro para a vitória sobre o Dortmund, para a Liga dos Campeões.

 

«Conseguiu segurar a vitória, fez uma exibição fantástica. Ele tem objetivo de jogar pela seleção principal do Brasil e estava cá o Taf arel [treinador de guarda­redes da ‘canarinha’]. Acredito que não tenha sido por esse motivo porque ele é muito bom, um dos melhores do mundo. O motivo maior é defender pelo Benfica e ser reconhecido a nível mundial, ainda mais na Liga dos Campeões. Fez defesas brilhantes, todas elas muito boas», disse Simão Sabrosa à Renascença.

 

Entre as inúmeras defesas de Ederson, Simão escolheu a da grande penalidade: «Foi inteligente. Não é fácil defender um penalty ao meio porque os guarda­redes escolhem sempre um lado. Foi uma defesa fantástica.»

 

 

Fonte: A Bola

publicado por Sara Branco às 00:25
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 3 de Fevereiro de 2017

Simão Sabrosa atribui quebra do Benfica ao cansaço de Pizzi

img_770x433$2017_02_02_22_10_46_1218692.jpg

© Record

 

Simão Sabrosa, antigo capitão do Benfica, atribuiu esta quinta-feira a causa da quebra de rendimento do Benfica nas últimas semanas ao cansaço acumulado por Pizzi e ao facto de os adversários saberem que a fase de construção passa toda pelo médio.

"O Pizzi fez o 13.º jogo consecutivo no Bonfim, é normal o cansaço, que é mais físico do que psicológico, porque ele tem marcado muitos golos. Há outro fator que é o de as equipas adversárias estudarem melhor o Benfica e saberem que a fase de construção passa toda pelo Pizzi, que passou a ter menos liberdade e a sofrer marcações mais 'em cima', a juntar ao cansaço com o acumular de minutos nas pernas", explicou o ex-internacional português durante o lançamento da segunda edição da 'Liga NOS PlayStation', no Centro Comercial Colombo, em Lisboa.

 
O antigo jogador dos encarnados aponta ainda outra causa para a atual crise de resultados no Benfica. "Joguei durante muitos anos e sei que o mês mais complicado é o de janeiro, quando já existe um acumular de muitos jogos e de cansaço. Quando eu jogava era o que mais custava a passar", lembrou Simão.

De resto, o ex-futebolista elogia o treinador Rui Vitória, sobretudo pelo "excelente trabalho" que desenvolveu na fase inicial, "quando o Benfica tinha vários lesionados", durante a qual "teve o mérito de encontrar soluções" para as ausências de alguns jogadores importantes.

"Curiosamente, agora que Rui Vitória tem o plantel todo disponível, não se vê o Benfica que víamos antes. Espero que o facto de ter todos os jogadores disponíveis se torne uma mais-valia, até porque têm muita qualidade. Além disso, acredito que o treinador, que tem promovido alguma rotação, vai deixar de o fazer e pôr a jogar sempre os mesmos", observou Simão Sabrosa, para quem "é importante que o Benfica, internamente, detete as causas que levaram a este momento de intranquilidade".

Quanto à contratação do médio brasileiro Felipe Augusto ao Rio Ave não o surpreende: "É um bom jogador, com qualidade, que fez uma boa primeira meia volta. O Benfica precisa de médios que possam permitir aos que jogam habitualmente 'respirarem' um pouco. Os que foram utilizados na primeira volta acabaram por não ter influência e era sempre Pizzi, Pizzi, Pizzi... O André Horta ora jogava, ora lesionava-se e acabou por perder continuidade. É sempre bom ter jogadores que sejam mais-valia para a equipa."

Já quanto ao clássico entre FC Porto e Sporting, no sábado, que é também do interesse do Benfica, Simão analisou o momento das duas equipas. "Querem apertar o Benfica ainda mais, vai ser um jogo interessante, o FC Porto não fez um bom jogo com Estoril, mas acabou por ganhar, que era o fundamental, enquanto o Sporting fez uma boa primeira parte com o Paços de Ferreira, mas na segunda mostrou alguma intranquilidade, o que não é normal", concluiu.
 
Fonte: Record
publicado por Sara Branco às 23:55
link do post | comentar | favorito
Este blog é dedicado ao grande jogador, antigo internacional português, Simão Sabrosa, tendo como principal objectivo fornecer a maior quantidade de notícias e informações sobre o seu dia-a-dia, tanto dentro como fora de campo. Para além disso pretendo com isto, homenageá-lo e demonstrar-lhe que mesmo a jogar no estrangeiro, conta com todo o meu apoio. Obrigada pela visita, Sara Branco.

Nome:
Simão Pedro Fonseca Sabrosa
D. Nascimento: 31/10/1979
Idade: 37 anos
Nacionalidade: Portuguesa
Naturalidade: Constantim, Vila Real
Altura: 1,70 cm
Peso: 64 kg
Clube Actual: NorthEast United FC
Nº da Camisola: 20
Posição: Extremo
Clubes Anteriores: Sporting CP, FC Barcelona, SL Benfica, Atlético de Madrid, Besiktas JK e RCD Espanyol

Taça de Portugal
Época: 2003/2004
Clube: SL Benfica


SuperLiga Portuguesa
Época: 2004/2005
Clube: SL Benfica


Supertaça Portuguesa
Ano: 2005
Clube: SL Benfica


Liga Europa da UEFA
Época: 2009/2010
Clube: Atlético de Madrid


Supertaça Europeia
Ano: 2010
Clube: Atlético de Madrid


Taça da Turquia
Época: 2010/2011
Clube: Besiktas


Campeonato da Europa Sub-17
Ano: 1996
País anfitrião: Áustria
Giovanni Trapattoni:
«Simão Sabrosa representa, no futebol moderno, o jogador completo.»

José Mourinho:
«Simão é de um nível superior a todos os demais, com ritmo, classe, inteligência táctica.»

Rafael Benitez:
«Simão é um excelente jogador. Tem qualidade, velocidade e experiência.»

Ronald Koeman:
«Eu estava no Barça B quando Simão chegou ao clube. Pode ser que na altura fosse demasiado jovem, mas agora explora as suas qualidades. É rápido, joga nas duas alas e o seu rendimento é bom […] É um jogador muito importante.»

2017:
Março 2017
Fevereiro 2017
Janeiro 2017

2016:
Dezembro 2016
Novembro 2016
Outubro 2016
Setembro 2016
Agosto 2016
Julho 2016
Junho 2016
Maio 2016
Abril 2016
Março 2016
Fevereiro 2016
Janeiro 2016

2015:
Dezembro 2015
Novembro 2015
Outubro 2015
Setembro 2015
Agosto 2015
Julho 2015
Junho 2015
Maio 2015
Abril 2015
Março 2015
Fevereiro 2015
Janeiro 2015

2014:
Dezembro 2014
Novembro 2014
Outubro 2014
Setembro 2014
Agosto 2014
Julho 2014
Junho 2014
Maio 2014
Abril 2014
Março 2014
Fevereiro 2014
Janeiro 2014

2013:
Dezembro 2013
Novembro 2013
Outubro 2013
Setembro 2013
Agosto 2013
Julho 2013
Junho 2013
Maio 2013
Abril 2013
Março 2013
Fevereiro 2013
Janeiro 2013

2012:
Dezembro 2012
Novembro 2012
Outubro 2012
Setembro 2012
Agosto 2012
Julho 2012
Junho 2012
Maio 2012
Abril 2012
Março 2012
Fevereiro 2012
Janeiro 2012

2011:
Dezembro 2011
Novembro 2011
Outubro 2011
Setembro 2011
Agosto 2011
Julho 2011
Junho 2011
Maio 2011
Abril 2011
Março 2011
Fevereiro 2011
Janeiro 2011

2010:
Dezembro 2010
Novembro 2010
Outubro 2010
Setembro 2010
Agosto 2010

2009:
Junho 2009

2007:
Julho 2007

2004:
Dezembro 2004

2002:
Novembro 2002

2001:
Agosto 2001
Julho 2001

2000:
Junho 2000
Tenha seu Contador Grátis em www.CodigoFonte.net