Segunda-feira, 4 de Novembro de 2002

Simão Sabrosa: Um talento especial para as bolas paradas

simaomassa.jpg

 

Simão está no topo da Bota de Ouro, mercê de um talento especial para as boas paradas. O extremo benfiquista apontou, através de livres directos ou de grandes penalidades, os sete golos até agora alcançados.

 

Ontem, pela primeira vez, o jogador dos encarnados cometeu mesmo a proeza de apontar dois golos de livre directo num só jogo. Este cometimento garantiu a vitória do Benfica nos Açores, frente ao Santa Clara, e constituiu um feito inédito na carreira do jovem avançado que o clube da Luz recrutou ao FC Barcelona.

 

À nona jornada da SuperLiga, Simão já tem mais golos de bola parada do que em toda a temporada passada e prepara-se para bater o recorde pessoal de 11 tentos numa só época, conseguido em 2001/2002, a primeira ao serviço do Benfica.

 

É mesmo lícito dizer-se que o extremo benfiquista virou agora atenção para os livres directos. Depois de um início de campeonato bastante proveitoso na concretização de grandes penalidades, Simão começou a ver resultados na cobrança de faltas. Frente à União de Leiria apontou, dessa forma, o terceiro golo do Benfica. Ontem, operou a reviravolta do marcador, com dois pontapés inspirados.

 

As bolas paradas ganham, por outro lado, grande peso nos índices de concretização do conjunto da Luz, constituindo quase metade dos golos apontados pela formação orientada por Jesualdo Ferreira.

 

Golos de Simão são sinónimo de vitória

 

O Benfica ainda não venceu na presente edição da SuperLiga sem que Simão tivesse marcado. Frente ao Marítimo, Beira-Mar, Moreirense, U. Leiria e Santa Clara, o extremo apontou pelo menos um golo e os encarnados obtiveram os três pontos. Sem golos de Simão, a turma da Luz não ultrapassou o Nacional, V. Setúbal, FC Porto e Académica.

 

Polémica

 

Dois lances duvidosos marcaram o jogo. Na primeira parte, Mantorras caiu na área, mas a falta de Paiva teve lugar fora dela. No segundo tempo, a bola, rematada por Simão, embateu no braço de Luís Soares. Prevaleceu o critério de Jacinto Paixão. O árbitro considerou que o disparo do benfiquista foi efectuado à "queima-roupa", tomando assim como involuntária a acção do açoriano.

 

Curiosidades

 

O Santa Clara apontou, no seu reduto, o primeiro golo ao Benfica da história. Nos dois outros encontros já disputados em São Miguel, os açorianos tinham averbado uma derrota por 3-0 e conseguido um nulo na temporada passada.

 

Sete jogadores do Benfica foram admoestados com cartões na partida de ontem. Esta época os encarnados só fizeram pior no encontro com o FC Porto, das Antas. Também houve cartões para sete jogadores, mas dois deles foram expulsos por duplo amarelo.

 

Quatro benfiquistas estrearam-se a titular: Cristiano, Carlitos, Andersson e Mantorras.

 

Fonte: Record

publicado por Sara Branco às 16:31
link do post | comentar | favorito
Este blog é dedicado ao grande jogador, antigo internacional português, Simão Sabrosa, tendo como principal objectivo fornecer a maior quantidade de notícias e informações sobre o seu dia-a-dia, tanto dentro como fora de campo. Para além disso pretendo com isto, homenageá-lo e demonstrar-lhe que mesmo a jogar no estrangeiro, conta com todo o meu apoio. Obrigada pela visita, Sara Branco.

Nome:
Simão Pedro Fonseca Sabrosa
D. Nascimento: 31/10/1979
Idade: 37 anos
Nacionalidade: Portuguesa
Naturalidade: Constantim, Vila Real
Altura: 1,70 cm
Peso: 64 kg
Clube Actual: NorthEast United FC
Nº da Camisola: 20
Posição: Extremo
Clubes Anteriores: Sporting CP, FC Barcelona, SL Benfica, Atlético de Madrid, Besiktas JK e RCD Espanyol

Taça de Portugal
Época: 2003/2004
Clube: SL Benfica


SuperLiga Portuguesa
Época: 2004/2005
Clube: SL Benfica


Supertaça Portuguesa
Ano: 2005
Clube: SL Benfica


Liga Europa da UEFA
Época: 2009/2010
Clube: Atlético de Madrid


Supertaça Europeia
Ano: 2010
Clube: Atlético de Madrid


Taça da Turquia
Época: 2010/2011
Clube: Besiktas


Campeonato da Europa Sub-17
Ano: 1996
País anfitrião: Áustria
Giovanni Trapattoni:
«Simão Sabrosa representa, no futebol moderno, o jogador completo.»

José Mourinho:
«Simão é de um nível superior a todos os demais, com ritmo, classe, inteligência táctica.»

Rafael Benitez:
«Simão é um excelente jogador. Tem qualidade, velocidade e experiência.»

Ronald Koeman:
«Eu estava no Barça B quando Simão chegou ao clube. Pode ser que na altura fosse demasiado jovem, mas agora explora as suas qualidades. É rápido, joga nas duas alas e o seu rendimento é bom […] É um jogador muito importante.»

2017:
Novembro 2017
Outubro 2017
Setembro 2017
Agosto 2017
Julho 2017
Junho 2017
Maio 2017
Abril 2017
Março 2017
Fevereiro 2017
Janeiro 2017

2016:
Dezembro 2016
Novembro 2016
Outubro 2016
Setembro 2016
Agosto 2016
Julho 2016
Junho 2016
Maio 2016
Abril 2016
Março 2016
Fevereiro 2016
Janeiro 2016

2015:
Dezembro 2015
Novembro 2015
Outubro 2015
Setembro 2015
Agosto 2015
Julho 2015
Junho 2015
Maio 2015
Abril 2015
Março 2015
Fevereiro 2015
Janeiro 2015

2014:
Dezembro 2014
Novembro 2014
Outubro 2014
Setembro 2014
Agosto 2014
Julho 2014
Junho 2014
Maio 2014
Abril 2014
Março 2014
Fevereiro 2014
Janeiro 2014

2013:
Dezembro 2013
Novembro 2013
Outubro 2013
Setembro 2013
Agosto 2013
Julho 2013
Junho 2013
Maio 2013
Abril 2013
Março 2013
Fevereiro 2013
Janeiro 2013

2012:
Dezembro 2012
Novembro 2012
Outubro 2012
Setembro 2012
Agosto 2012
Julho 2012
Junho 2012
Maio 2012
Abril 2012
Março 2012
Fevereiro 2012
Janeiro 2012

2011:
Dezembro 2011
Novembro 2011
Outubro 2011
Setembro 2011
Agosto 2011
Julho 2011
Junho 2011
Maio 2011
Abril 2011
Março 2011
Fevereiro 2011
Janeiro 2011

2010:
Dezembro 2010
Novembro 2010
Outubro 2010
Setembro 2010
Agosto 2010

2009:
Junho 2009

2007:
Julho 2007

2004:
Dezembro 2004

2002:
Novembro 2002

2001:
Agosto 2001
Julho 2001

2000:
Junho 2000