Quarta-feira, 11 de Maio de 2016

Simão: «Jogadores devem viver este momento com orgulho»

kkk.png

© Record/Paulo César

 

Na temporada de 2004/05 o Benfica chegou à última jornada com três pontos de vantagem sobre o FC Porto, mas como tinha desvantagem nos confrontos diretos (0-1 em casa e 1-1 fora), estava obrigado a empatar no Bessa. Foi precisamente o que aconteceu, com Simão Sabrosa a colocar as águias em vantagem, de penálti, e Gaúcho a empatar ainda antes do intervalo.

Doze anos depois, Simão Sabrosa mantém vivas as recordações de uma semana muito especial na sua carreira.

"Foi uma semana de ansiedade a dobrar, porque estava a acabar o campeonato, e se normalmente já sentimos ansiedade antes de qualquer jogo, naquele caso era mais especial. No último jogo, e decisivo, parece que o tempo não passa, nunca mais chega o jogo, para podermos jogar e ganhar", revela o avançado.



Simão Sabrosa recorda que naquela época não havia muitos jogadores que já tivessem vivido a experiência de ganhar um campeonato.
"Sim, na altura o Benfica estava numa fase de transição, para melhor, claro, pois vinha de uns anos menos bons. Tinha sido construído o estádio novo, a academia, e havia grande vontade de voltar a ganhar o campeonato. Tínhamos ganho a Taça de Portugal com o Camacho, mas faltava-nos o título de campeão nacional. Os clubes vivem de títulos e os jogadores também. Naquele plantel havia poucos jogadores que já tinham sido campeões e por isso havia uma grande vontade de saber o que isso era."

A semana e o jogo são vividos de maneiras diferentes, recorda o antigo avançado encarnado.

"A semana é de grande euforia e o facto de tudo se decidir no último jogo aumenta o nervosismo, mas quando se entra em campo sabemos o que temos de fazer e estamos conscientes da responsabilidade. Mas a semana anterior é difícil, de grande nervosismo, grande ansiedade, mas tudo vale a pena quando se chega ao último jogo e se é campeão", assegura Simão Sabrosa.

Se hoje pudesse dirigir uma palavra ao plantel encarnado, Simão falaria de orgulho.

"O que poderei dizer aos jogadores do Benfica é que têm de estar orgulhosos pelo que já fizeram e pela situação em que se encontram. Passaram por momentos difíceis no início, mas por tudo o que fizeram só podem mesmo estar orgulhosos de si, do clube e dos adeptos. Devem estar orgulhosos e tranquilos, isso é o mais importante", sublinha o antigo capitão.
 
Fonte: Record

 

publicado por Sara Branco às 17:27
link do post | comentar | favorito
Este blog é dedicado ao grande jogador, antigo internacional português, Simão Sabrosa, tendo como principal objectivo fornecer a maior quantidade de notícias e informações sobre o seu dia-a-dia, tanto dentro como fora de campo. Para além disso pretendo com isto, homenageá-lo e demonstrar-lhe que mesmo a jogar no estrangeiro, conta com todo o meu apoio. Obrigada pela visita, Sara Branco.

Nome:
Simão Pedro Fonseca Sabrosa
D. Nascimento: 31/10/1979
Idade: 37 anos
Nacionalidade: Portuguesa
Naturalidade: Constantim, Vila Real
Altura: 1,70 cm
Peso: 64 kg
Clube Actual: NorthEast United FC
Nº da Camisola: 20
Posição: Extremo
Clubes Anteriores: Sporting CP, FC Barcelona, SL Benfica, Atlético de Madrid, Besiktas JK e RCD Espanyol

Taça de Portugal
Época: 2003/2004
Clube: SL Benfica


SuperLiga Portuguesa
Época: 2004/2005
Clube: SL Benfica


Supertaça Portuguesa
Ano: 2005
Clube: SL Benfica


Liga Europa da UEFA
Época: 2009/2010
Clube: Atlético de Madrid


Supertaça Europeia
Ano: 2010
Clube: Atlético de Madrid


Taça da Turquia
Época: 2010/2011
Clube: Besiktas


Campeonato da Europa Sub-17
Ano: 1996
País anfitrião: Áustria
Giovanni Trapattoni:
«Simão Sabrosa representa, no futebol moderno, o jogador completo.»

José Mourinho:
«Simão é de um nível superior a todos os demais, com ritmo, classe, inteligência táctica.»

Rafael Benitez:
«Simão é um excelente jogador. Tem qualidade, velocidade e experiência.»

Ronald Koeman:
«Eu estava no Barça B quando Simão chegou ao clube. Pode ser que na altura fosse demasiado jovem, mas agora explora as suas qualidades. É rápido, joga nas duas alas e o seu rendimento é bom […] É um jogador muito importante.»

2017:
Setembro 2017
Agosto 2017
Julho 2017
Junho 2017
Maio 2017
Abril 2017
Março 2017
Fevereiro 2017
Janeiro 2017

2016:
Dezembro 2016
Novembro 2016
Outubro 2016
Setembro 2016
Agosto 2016
Julho 2016
Junho 2016
Maio 2016
Abril 2016
Março 2016
Fevereiro 2016
Janeiro 2016

2015:
Dezembro 2015
Novembro 2015
Outubro 2015
Setembro 2015
Agosto 2015
Julho 2015
Junho 2015
Maio 2015
Abril 2015
Março 2015
Fevereiro 2015
Janeiro 2015

2014:
Dezembro 2014
Novembro 2014
Outubro 2014
Setembro 2014
Agosto 2014
Julho 2014
Junho 2014
Maio 2014
Abril 2014
Março 2014
Fevereiro 2014
Janeiro 2014

2013:
Dezembro 2013
Novembro 2013
Outubro 2013
Setembro 2013
Agosto 2013
Julho 2013
Junho 2013
Maio 2013
Abril 2013
Março 2013
Fevereiro 2013
Janeiro 2013

2012:
Dezembro 2012
Novembro 2012
Outubro 2012
Setembro 2012
Agosto 2012
Julho 2012
Junho 2012
Maio 2012
Abril 2012
Março 2012
Fevereiro 2012
Janeiro 2012

2011:
Dezembro 2011
Novembro 2011
Outubro 2011
Setembro 2011
Agosto 2011
Julho 2011
Junho 2011
Maio 2011
Abril 2011
Março 2011
Fevereiro 2011
Janeiro 2011

2010:
Dezembro 2010
Novembro 2010
Outubro 2010
Setembro 2010
Agosto 2010

2009:
Junho 2009

2007:
Julho 2007

2004:
Dezembro 2004

2002:
Novembro 2002

2001:
Agosto 2001
Julho 2001

2000:
Junho 2000